Militar

Video e fonia: Caça Gripen da FAB faz seu primeiro voo no Brasil

O novo caça Gripen da Força Área Brasileira (FAB) realizou o primeiro voo no espaço aéreo brasileiro na tarde desta quinta (24). A aeronave decolou do Aeroporto de Navegantes, no Litoral Norte de Santa Catarina, em direção ao Centro de Ensaios em Voo da Embraer, em Gavião Peixoto (SP).

O caça chegou ao Brasil de navio no domingo (20) pelo porto de Navegantes e foi rebocado pelas ruas da cidade na madrugada de terça (22) para poder ser levado até o aeroporto

O caça tem previsão de ser apresentado oficialmente, em Brasília-DF no dia 23 de Outubro, data comemorativa ao Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira.

As primeiras unidades operacionais do F-39 estão previstas para chegar ao Brasil no final de 2021. Ao todo serão 36 caças Gripen F-39E/F. Os caças ficarão sediados em Anápolis (GO).

Operação

O Gripen usou o callsign de rádio X-01 e solicitou plano VMC (visual) no nível de voo FL310. O H-60 Blackhawk matrícula FAB 8911 estava em Navegantes para prestar apoio de Busca e Salvamento (SAR). Outro helicóptero da FAB foi mantido de sobreaviso em Pirassununga.

No radar foi avistado também no trajeto o C-105 Persuader matrícula FAB6551 no litoral de São Paulo, mas não se sabe se fazia parte da operação.

Pouso em Gavião Peixoto-SP

Duas aeronaves F-5EM do Esquadrão Pampa de Canoas (RS) e que estavam em Florianópolis acompanharam o caça Gripen até São Paulo.

Testes

A partir de agora o programa de ensaios irá incluir o Centro de Ensaios em Voo do Gripen, na Embraer, em Gavião Peixoto, que será totalmente integrado ao programa de ensaios que já está em andamento na Saab, em Linköping, na Suécia, desde 2017.

As atividades no Brasil incluem testes nos sistemas de controle de voo e de climatização e testes na aeronave em condições climáticas tropicais. Além dos ensaios que são comuns às aeronaves do Programa Gripen E, serão testados no Brasil características únicas das aeronaves brasileiras, como integração de armamentos e o sistema de comunicação Link BR2 – que fornece dados criptografados e comunicação de voz entre as aeronaves.

O programa prevê que os últimos 15 aviões serão produzidos e montados em solo brasileiro.

Fonia do X-01:

Clique para comentar

Deixe um comentario

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top