Internacional

Avião que trouxe brasileiros deportados dos EUA solta pedaços em voo

Boeing 737-8Q8 prefixo N820TJ sofreu um incidente na última terça, dia 19 de maio, quando perdeu pedaços do estabilizador vertical em voo, com o fato sendo descoberto apenas após o pouso.

A aeronave da iAero Airways realizava o voo WQ-3518 para San Diego, Califórnia, EUA. O jato decolou da pista 17 em Victorville, também na Califórnia, às 15:14 (horário local) do dia 19 deste mês, aterrissando, após 41 minutos de voo, na pista 27 do Aeroporto Internacional de San Diego.

O curto voo havia ocorrido aparentemente sem incidentes até o pouso, porém, após a aterrissagem, verificou-se que partes do estabilizador vertical da aeronave haviam desaparecido!

As peças perdidas foram a parte inferior (base, na junção com a fuselagem) do bordo de ataque do estabilizador vertical e painéis laterais do lado esquerdo do estabilizador vertical.

A aeronave permanece em solo em San Diego há quase dois dias.

Último voo com deportados foi feita pela aeronave

O mesmo avião esteve no Brasil no último dia 15 de maio, tendo decolado de El Paso, no Texas, EUA, fazendo escala em San Juan, Porto Rico, e aterrissando no Aeroporto de Confins, Minas Gerais.

Foi o 15º voo com deportados brasileiros dos Estados Unidos.

A princípio, o voo do dia 15 de maio seria operado por um Boeing 737-800 da Swift Air, com capacidade para 189 passageiros, porém, o voo acabou sendo realizado pela iAero Airways, exatamente pela aeronave envolvida no acidente quatro dias depois.

Fonte: Aeroinside via AeroIN

Clique para comentar

Deixe um comentario

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top