Militar

Câmeras de segurança registram queda de Mirage em Las Vegas

Imagens de uma câmera de segurança de um companhia chamada “Western Elite” mostram a queda de um caça Mirage F1M na última segunda (24). As imagens foram obtidas pelo canal 8 News NOW Las Vegas. O avião era operado pela prestadora de serviços de treinamento de combate aéreo (Aggressor), Draken International.

O jato supersônico caiu em uma aérea residencial perto da Base Aérea de Nellis. Mesmo ejetando, como pode ser visto no vídeo abaixo, o piloto Nicholas Hunter “Scooter” Hamilton, 43 anos, faleceu no acidente. As causas estão sendo investigadas.

Scooter era casado, pai de dois filhos e com mais de 2500 horas de voo em aeronaves supersônicas, como o F-16 Fighting Falcon e o T-38 Talon. Um fundo memorial foi criado pela Fundação Fallen Wings.

Segundo o Miami Herald, em Reno, onde ele cresceu, a família de Hamilton divulgou um comunicado, descrevendo-o como “um marido, pai, filho e irmão devotado e gentil” que era faixa preta em taekwondo e era um violinista talentoso. “Sua morte deixou um grande vazio em nossas vidas e todos nós estamos chocados e com o coração partido”, disse Aaron Damon, um porta-voz da família, em um comunicado ao Reno Gazette Journal.

A Draken adquiriu múltiplos caças Dassault Mirage F1 da Força Aérea Espanhola. Em fevereiro um Mirage F1B da ATAC, outra contratada do Governo Americano que presta serviços aggressor, caiu na Flórida, com os pilotos sobrevivendo depois de ejetar. Os jatos ainda estão em fase de incorporação na frota da empresa que já possui aeronaves A-4 Skyhawk, L-159 ALCA, MB-339 e Dassault Falcon.

Clique para comentar

Deixe um comentario

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top