Aeroportos

ANAC aprova ampliação da pista do Aeroporto de Confins

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), na quarta (24), verificou e autorizou a obra de expansão da pista do Aeroporto Internacional de Confins. Dessa forma, o aeroporto ganha mais 600 metros de pista disponível para pousos e decolagens.

Além disso, o documento autoriza a implementação das taxiways “November” e “Papa”, que levam as aeronaves até o início da nova cabeceira 34. Ademais, a pista 16/34 passa a ter no total 3.600 metros de comprimento, uma das maiores no Brasil.

Nesse sentido, e com o parecer favorável emitido pela ANAC quase quatro anos após a conclusão das obras, as autorizações já tem efeito imediato. Para efeitos de comparação, abaixo mostramos as duas cartas de aeródromo utilizadas por pilotos, onde pode se ver a expansão da pista no canto inferior direito. Confira o antes e depois das mudanças:

Somente serviços essenciais

A partir das 22H de sexta (26), por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), somente os serviços essenciais passarão a funcionar no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, quais sejam, o setor de alimentação, farmácias, prestadores de serviços de transporte (táxis, locação de veículos, aplicativos e ônibus), bancos e câmbio.

Vale ressaltar que a BH Airport e a Anvisa estão trabalhando, em conjunto, para adoção de medidas adicionais de segurança que garantam a retomada dos demais serviços assim que possível.

A BH Airport reforça que segue todas as orientações das autoridades de saúde e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para combate à pandemia do coronavírus e reafirma seu compromisso com a segurança e a preservação da saúde de passageiros, visitantes e toda a comunidade aeroportuária.

Fonte: Contato Radar / BH Airport

To Top