Internacional

Boeing 737 cai logo após a decolagem na Indonésia

No sábado (09) um Boeing 737-500 da Sriwijaya Air caiu logo após decolar de Jacarta, na Indonésia, quando estava subindo para o nível de cruzeiro.

O último contato da aeronave foi às 14h40, horário local, quando estava a 10900 pés. Dados do FlightRadar 24 mostra que a aeronave teve a sua altitude reduzida em 10000 pés em menos de um minuto, mergulhando no Mar de Java, onde os destroços estão sendo procurados por uma equipe de busca e salvamento.

A aeronave, de matrícula PK-CLC, estava cumprindo o voo SJ182, de Jacarta para Pontianak, na Indonésia. O número exato de pessoas a bordo ainda não foi confirmado pela companhia aérea, especula-se que o avião transportava 59 passageiros.

Moradores das ilhas vizinhas (Thousand Islands) estavam no mar em dois barcos quando ouviram duas explosões e encontraram destroços flutuando no mar. Estava chovendo naquela hora.

O Ministério dos Transportes da Indonésia confirmou que o contato com a aeronave foi perdido. Uma investigação será realizada para definir as causas do acidente.

Um jornal local informou que eram 56 passageiros a bordo, sendo 46 adultos, 7 crianças, 3 bebês além da tripulação com 4 pessoas.

Caixas-pretas

As caixas-pretas do Boeing 737-500 da empresa Sriwijawa, que sofreu um acidente com 62 pessoas a bordo na Indonésia, foram localizadas neste domingo (10), segundo as autoridades do país.

“Localizamos as caixas pretas, as duas”, disse Soerjanto Tjahjanto, chefe do comitê de segurança, que faz parte do Ministério dos Transportes.

“Os mergulhadores vão começar a procurá-las e espero que não demore muito para que as encontrem”, afirmou.

Encontrados corpos e destroços

Também neste domingo, a polícia de Jacarta confirmou que partes de pertences e de corpos foram encontrados na áreas onde os últimos sinais do voo haviam sido emitidos.

“Esta manhã recebemos duas malas, uma com os pertences dos passageiros e a outra com partes de corpos”, disse o porta-voz da polícia de Jacarta, Yusri Yunus, à Metro TV. A polícia “está trabalhando para identificá-los”, acrescentou.

Os materiais que são encontrados estão sendo levados para para um posto de primeiros socorros no porto principal de Jacarta.

Fonte: G1

Clique para comentar

Deixe um comentario

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top