Comercial

Voo de Goiânia para Salvador alterna Recife devido problema

Os pilotos do Embraer E195 E1 da Azul Linhas Aéreas, prefixo PR-AYW, decidiram mudar o destino o voo AD9543 no último dia 8 de setembro, após uma indicação não-usual nos computadores da aeronave. O incidente foi registrado no Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos do Brasil com a designação SCF-NP, que refere-se a Falha ou Mau Funcionamento de Componente / Sistema.

O jato decolou com 5 tripulantes e 48 passageiros do Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, com destino ao Aeroporto Luiz Eduardo Magalhães, em Salvador. Esse voo não consta da lista de voos regulares da Azul registrados na ANAC e, portanto, tudo indica que fosse um voo de fretamento e/ou um serviço extra naquele dia.

Segundo relatório do CENIPA, durante a aproximação em Salvador ocorreu a bordo a indicação de “SLAT FLAP LEVER DISAGREE”, que é uma situação prevista em manual e contornável, mas que poderia indicar um problema com o funcionamento dos flaps e slats. Com isso, os pilotos seguiram o procedimento esperado e abortaram o pouso.

Mais tarde, e provavelmente após terem tentado reverter a indicação de erro, os tripulantes tomaram a decisão de desistir do pouso em Salvador e mudar o destino do voo para Recife, sua alternativa natural e um dos hubs da Azul, onde a aeronave poderia ter um melhor atendimento.

Com isso, o Embraer seguiu para a capital pernambucana sem a necessidade de declarar emergência, onde pousou normalmente sem intercorrências. Curiosamente, essa mesma aeronave estava programada para assumir o voo AD4429 com destino a Salvador, mas o serviço foi cancelado. O PR-AYW voltou a voar no dia seguinte.

Os passageiros foram atendidos e encaminhados a outro voo da Azul para Salvador.

Fonte: AeroIN

Clique para comentar

Deixe um comentario

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top