Militar

C-130 Hercules da FAB transporta ambulância do Rio para Salvador

Uma aeronave C-130 Hércules, da Força Aérea Brasileira (FAB), realizou, na quarta (22), Transporte Aéreo Logístico em apoio à Operação COVID-19. O avião, pertencente ao Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1°/1° GT) – Esquadrão Gordo, transportou uma ambulância do Rio de Janeiro (RJ) para Salvador (BA). A missão foi designada pelo Ministério da Defesa, em ação coordenada com o Ministério da Saúde.

O FAB 2476, transportando a ambulância, decolou da Base Aérea do Galeão, às 10h50 (horário de Brasília), e pousou na Base Aérea de Salvador (BASV) às 13h30. Sob coordenação da Subdiretoria de Logística da Diretoria de Saúde da Aeronáutica (DIRSA), a ambulância será empregada no enfrentamento à pandemia de COVID-19.

O piloto do C-130, Capitão Aviador Warlley dos Santos Rodrigues, avalia que a missão foi mais uma oportunidade de contribuir para o combate à pandemia. Segundo o Oficial, essa atividade reitera a missão da FAB de atuar nos 22 milhões de km² da Dimensão 22, defendendo nosso espaço aéreo e integrando o território nacional. “Poder colaborar para que o país supere esse momento difícil é, sem dúvida, uma das missões mais gratificantes da qual eu participei como aviador da Força Aérea Brasileira”, enfatizou.

O instrutor de loadmaster do C-130, Sargento Ari Naziozenio da Silva, também a bordo da aeronave como tripulante, disse que se sente honrado em poder contribuir com a Operação COVID-19. “Meu sentimento é de cumprir a missão da melhor forma possível. E reforça a satisfação de pertencer à Força Aérea Brasileira”, contou.

Respiradores e camas de UTI para Boa Vista

Outra aeronave C-130 Hércules, da Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, nos dias 20 e 21 de março, Transporte Aéreo Logístico em apoio à Operação COVID-19. O avião também do Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1°/1° GT) – Esquadrão Gordo, transportou respiradores, colchões e camas de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), da Base Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro (RJ), para a Base Aérea de Boa Vista (RR). A missão foi designada pelo Ministério da Defesa, em ação coordenada com o Ministério da Saúde.

O FAB 2473, com o carregamento de 6,5 toneladas, decolou do Galeão, às 12h35 (horário de Brasília), e pousou na Base Aérea de Florianópolis às 16h25 de segunda (20), onde foi carregada com o restante do material. A mesma aeronave decolou às 8h45 do dia seguinte, na terça (21), de Florianópolis (SC) com destino à Base Aérea de Boa Vista (RR), onde pousou às 16h. Os materiais de saúde serão empregados em um hospital de campanha na capital de Roraima, no combate ao novo Coronavírus.

OPERAÇÃO COVID-19

A Operação COVID-19, coordenada pelo Ministério da Defesa, mobiliza militares por todo o Brasil. Homens e mulheres das Forças Armadas atuam no enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus, em apoio à população.

As ações envolvem descontaminação de espaços públicos, doações de sangue, transporte de medicamentos e equipamentos de saúde, distribuição de kits de alimentos para pessoas de baixa renda, entre outras. Na execução dessas atividades, os militares atuam organizados em 10 Comandos Conjuntos que cobrem todo o território nacional, bem como no Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE). Esses Comandos reúnem militares das três Forças (Marinha, Exército e Aeronáutica), que desenvolvem esforços no cumprimento das missões.

Fonte: FAB

Clique para comentar

Deixe um comentario

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top