Internacional

Coronavírus faz companhia aérea bater recorde de voo mais longo do mundo

A companhia aérea francesa Air Tahiti Nui quebrou um recorde mundial e fez, sem querer, o voo de passageiros mais longo, em distância, da história, no sábado (14). Devido às restrições impostas a voos nos Estados Unidos por conta da pandemia do novo coronavírus, a rota, de Papeete, no Taiti, até o aeroporto Charles de Gaulle em Paris, não teve a conexão no Aeroporto Internacional de Los Angeles. As informações são da CNN Travel.

Por regra, sempre que um avião pousa nos EUA todos os passageiros devem descer da aeronave e passar pela Alfândega antes de seguir viagem. No entanto, para evitar a contaminação por coronavírus o procedimento se tornou inviável.

Assim, o voo TN064 com 130 passageiros, operado pelo Boeing 787-9 Dreamliner matrícula F-OTOA, completou a viagem de 9.765 milhas (cerca de 15,7 mil quilômetros) sozinho, sem interrupções, saindo às 3h de Papeete e chegando a Paris às 6h30 do dia seguinte, 15 de março. O recorde anterior era da Singapore Airlines, cujo voo entre Singapura e Newark (aeroporto em Nova York) viajou 9.534 milhas.

“Este voo foi operado de maneira excepcional e dentro das restrições impostas pelas autoridades americanas diante da epidemia de Covid-19”, disse um porta-voz da Air Tahiti Nui à CNN. A companhia informou ainda que a aeronave voou com uma “tripulação reforçada” de quatro pilotos. A empresa ressaltou também que foi uma manobra excepcional e que não pretende repetir o feito.

Fonte: Isto É

Clique para comentar

Deixe um comentario

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top