Notícias

Gol espera compensação por paralisação do Boeing 737 Max

Sessenta dias é o prazo que a Gol espera para finalizar o acordo de compensação com a Boeing por conta dos danos financeiros em relação ao impedimento dos voos 737 Max. De acordo com o diretor financeiro da aérea, Richard Lark, em entrevista à Bloomberg, ao invés de dinheiro, a companhia receberia a compensação em descontos em futuras compras.

O valor do acordo – em dólares – é mantido sob sigilo.

“Estamos nas últimas semanas antes de acertar uma compensação junto à Boeing”, disse Lark. Além disso, o executivo afirmou que a Gol estaria perto de fechar um esquema de código compartilhado com a American Airlines Group e espera fazer um anúncio no mesmo prazo de 60 dias.

O compartilhamento de códigos permite que companhias aéreas reservem assentos em voos operados por suas parceiras.

Um acordo com a United Airlines Holdings parece menos provável já que a empresa americana fez parceria no Brasil, afirmou Lark. A United tem 8% de participação na Azul, concorrente da Gol. Por sua vez, a Gol iniciou negociação para compartilhamento de códigos com a American e a United após se separar da parceira americana de longa data, Delta Air Lines, em setembro.

Fonte: Panrotas

Clique para comentar

Deixe um comentario

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Radar Aéreo - Radar e fonia ao vivo

Notícias de aviação civil, geral, militar e astronomia

Tags Populares

Copyright © 2017 Radar Aéreo. Desenvolvido por Aleques.

To Top