Comercial

Voo para o Rio de Janeiro retorna para Frankfurt devido problema

Atualizado 4/1 as 10h59 – O Boeing 747-430 matrícula D-ABTL, voo LH500 da Lufthansa para o Rio de Janeiro com 373 passageiros a bordo, retornou na noite de sábado (27) ao aeroporto de partida após quase 4 horas no ar.

O voo saiu de Frankfurt 21h56 UTC, e quando a aeronave sobrevoava o litoral de Western Sahara, começou o retorno descendo para 14 mil pés, permanecendo nesta altitude até o aeroporto de origem. O Boeing 747 pousou as 6h24 UTC.

Vazamento do sistema de oxigênio

Os pilotos notaram que o sistema de oxigênio de emergência do Boeing 747 estava vazando. Se a pressão da cabine for perdida em grandes altitudes, esse sistema fornece oxigênio enquanto a aeronave desce para uma altitude segura.

A Lufthansa confirmou ao Simple Flying que o sistema não apresentava indicação de problema na partida de Frankfurt. Como resultado da identificação da falha em voo, a altitude da aeronave foi reduzida para 14.000 pés.

A companhia aérea mencionou que, a essa altitude, o sistema de oxigênio de emergência não seria necessário em caso de despressurização.

Nota da Lufthansa:

“Durante o voo para o Rio de Janeiro, a tripulação do cockpit notou um vazamento no sistema de oxigênio de emergência para os passageiros. Esse vazamento só apareceu durante o voo, pois já havia sido verificado e aprovado antes da decolagem. Este sistema é usado apenas em casos raros quando o sistema de pressurização da cabine apresenta uma falha.”

1 Comment

1 Comment

  1. Pedro de Jesus Santos

    29/12/2019 at 18:40

    O que aconteceu no vôo???
    Problemas técnicos???

Deixe um comentario

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top