Aeroportos

Prefeito demarca área para futura ampliação do aeroporto de Londrina

A Prefeitura de Londrina apresentou, na manhã de segunda (12), uma proposta de ampliação do Aeroporto de Londrina, que abre espaço para a futura instalação de um hub de companhia aérea internacional na cidade aliado a um parque industrial e logístico. Para encampar a iniciativa, o prefeito Marcelo Belinati (PP) assinou decreto declarando uma área de 1,1 mil hectares como de utilidade pública, visando dobrar o comprimento da pista.

A proposta da prefeitura se antecipa ao debate no governo federal para a concessão de terminais aéreos controlados pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) nas regiões Sul, Norte e Centro. A previsão de investimentos no terminal londrinense é de R$ 200 milhões e o edital de concessão deve sair em 2020, junto a nove estruturas no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.

Os estudos apresentados nesta manhã indicam a possibilidade de expandir e de elevar a categoria do aeródromo londrinense à categoria operacional para grandes cargueiros, para operação de voos internacionais e para a criação de um “complexo aeroportuário”. “É Londrina assumindo um protagonismo regional”, disse Belinati.

Os investimentos para a criação deste complexo aeroportuário, que beneficiaria toda a região, viria de recursos privados e vão além dos investimentos previstos de ampliação da pista em 600 metros. Segundo a apresentação da manhã desta segunda, a pista também dobraria de tamanho para receber os aviões cargueiros.

Alternativa ao Arco Norte

De acordo com o prefeito, as propostas de ampliação do aeroporto surgiram em 2016, quando a sociedade civil organizada começaram a discutir a construção do Arco Norte, um complexo aeroportuário de cargas, que foi abandonado após ser considerado inviável.
“Esse projeto começou embrionariamente em 2016, logo após ter se findado aquela discussão toda sobre o Arco Norte. É uma alternativa um tanto quanto menor e mais factível de ser executado, mas tão importante quanto a do Arco Norte”, disse o prefeito.

De acordo com Belinati, como a sociedade encampou a ideia de ampliação do aeroporto, o Executivo aproveitou a janela de oportunidades que surge com a proposta de privatização. “A ideia é que possamos ampliar o projeto já estabelecido pelo governo federal para fazer um aeroporto que atenda as nossas necessidades e que seja um grande polo de desenvolvimento da região”, explicou.

Fonte: Folha de Londrina

Clique para comentar

Deixe um comentario

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Radar Aéreo - Radar e fonia ao vivo

Notícias de aviação civil, geral, militar e astronomia

Tags Populares

Copyright © 2017 Radar Aéreo. Desenvolvido por Aleques.

To Top