Militar

França assina venda de cinco caças Super Étendard para Marinha Argentina

O presidente francês Emmanuel Macron anunciou na sexta-feira a assinatura de um contrato para a venda de cinco aviões de combate Super Étendard para a Armada Argentina, após um encontro com seu homólogo argentino, Mauricio Macri. O valor pago pela Argentina para os cinco caças – semelhantes aos utilizados pela Argentina na Guerra das Malvinas – é de 12,5 milhões de dólares.

“Em assuntos comerciais, saudamos o acordo assinado por nossos dois ministros da Defesa para a venda de cinco jatos Super Étendards modernizados e seus equipamentos para as Forças Armadas argentinas”, disse o presidente francês em uma conferência conjunta de imprensa.

Projetado pela Dassault Aviation para a Marinha Francesa e comissionado em 1978, o último Super Étendard (SEM) foi retirado do serviço ativo no dia 12 de julho de 2016 na França. Os últimos cinco aviões ainda em voo foram então transferidos para Châteaudun, onde foram mantidos para posteriormente serem transferidos para um possível cliente.

A Argentina parecia uma escolha lógica. É o único outro país do mundo que usa o Super Étendard. A Marinha Argentina comprou o Super Étendard em 1979 da França e alguns deles foram usados ??na guerra das Malvinas contra a Grã-Bretanha. Um Super Étendard afundou um navio da Royal Navy em 1982, atingido por um míssil Exocet também de fabricação francesa.

Na Argentina, os Mirage IIIs foram aposentados em 2015 e não foram substituídos. As aquisições de aparelhos ocidentais usados ??ou artigos russos têm sido mencionadas várias vezes, mas nenhum contrato foi assinado por falta de orçamento.

Fonte: Cavok

Clique para comentar

Deixe um comentario

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

To Top