Radar Aéreo - Forum de discussões

 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1288
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

Uso de aviões da FAB por politicos

Sáb Jan 14, 2017 2:11 pm

Para evitar agressões, Ministro só viaja de FAB

Desde que foi chamado de golpista em Congonhas, no final do ano passado, o ministro da Casa Civil não usa mais voos de carreira

Eliseu Padilha não embarca mais em voos de carreira, como fazia no início do governo Michel Temer.
A menos que esteja acompanhado de assessores, ele só viaja nas asas FAB. A justificativa oficial: segurança.

Um episódio no fim do ano passado fez com que um dos homens forte de Temer mudasse os hábitos. Padilha foi hostilizado, chamado de golpista, no Aeroporto de Congonhas, quando aguardava o embarque da ponte-aérea.

Deu sorte que ninguém sacou o celular para registrar o constrangimento.
Desde então, para evitar que enfrentasse novos ataques de fúria, foi aconselhado pelo GSI e não se expor e usar os jatos oficiais para se descolar.
 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1288
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

Re: Uso de aviões da FAB por politicos

Seg Jan 16, 2017 1:42 pm

Rodrigo Maia usa avião da FAB para ir a posse de correligionário

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), usou o avião da FAB para fazer um afago a um correligionário. A honra foi dada ao colega José Crespo (DEM), em sua posse como prefeito de Sorocaba (SP).

Maia justificou o uso da aeronave por se tratar de um evento oficial. Além disso, ele estava em Salvador (BA) no mesmo dia, em outra solenidade.

De qualquer forma, o deputado empenhou dinheiro público e equipe na logística. O voo durou um pouco mais de uma hora. Um avião de carreira resolveria o problema.

Atualização:

A assessoria do deputado informa que “as viagens realizadas pelo presidente da Câmara dos Deputados, deputado Rodrigo Maia, utilizando aeronave da FAB foram para missões oficiais (viagens a serviço) ou para deslocamento ao local de residência.

Em Salvador, o presidente participou de um almoço na residência oficial a convite do prefeito ACM Neto para tratar de projetos de interesse da cidade no Congresso Nacional.

No mesmo dia, o presidente da Câmara foi à Sorocaba participar da cerimônia de posse de vereadores e do prefeito José Crespo. Na solenidade, foi agraciado com o título de Visitante Ilustre pelo Legislativo”.
 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1288
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

Re: Uso de aviões da FAB por politicos

Ter Jan 31, 2017 2:11 pm

FAB nega informações sobre custo das viagens de autoridades

O Ministério Público Federal vai reiterar o pedido de informações sobre o custo das viagens de autoridades nos aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). O governo afirma que os dados estão protegidos por sigilo e foram enquadrados na classificação de “Reservado” por causa do caráter estratégico. Segundo a Lei de Acesso à Informação, o grau tem sigilo de cinco anos. Desde o ano passado, a Procuradoria da República no Distrito Federal investiga a farra dos voos da FAB por ministros do governo.

O inquérito civil público, no entanto, não alterou a rotina dos pedidos. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, por exemplo, continua requisitando viagens nas aeronaves da FAB alegando “segurança”. O dispositivo garante prioridade nos voos, segundo o Decreto nº 4.244/2002. Em nota, o ministério alega que Meirelles trata de “reformas sensíveis”. O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, também justifica como “segurança” o uso dos jatos oficiais para passar o fim de semana em Porto Alegre.

O Comando da Aeronáutica enviou no dia 20 de janeiro a lista de viagens realizadas nas aeronaves oficiais entre maio e outubro de 2016, além de cópias com os pedidos de transporte feitos pelas autoridades. O material está sendo analisado pela Procuradoria. Os investigadores querem saber se a liberação dos voos atende aos requisitos legais e se os ministros estão usando as aeronaves para fins pessoais. O transporte de autoridades é coordenado pelo gabinete do comandante da Aeronáutica. A Pasta informou que não tem acesso à agenda das autoridades e apenas requisita trechos, horário da viagem, número de integrantes da comitiva e situação da viagem (segurança, emergência médica, serviço, deslocamento para a residência).

A Comissão de Ética da Presidência da República também fechou o cerco contra a farra dos jatinhos. Os conselheiros decidiram desmembrar o processo que envolve 21 ministros. Segundo a comissão, o objetivo é analisar caso a caso e delimitar a conduta de cada autoridade. Ela vai requisitar novas informações ao Ministério da Defesa e quer garantir que não tenha brechas legais para uso da aeronave para finalidades pessoais.
 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1288
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

Re: Uso de aviões da FAB por politicos

Seg Fev 06, 2017 10:04 pm

Mesmo sem acesso a aviões da FAB, Renan vai evitar voos de carreira

Ao deixar a presidência do Senado, Renan Calheiros perdeu o direito de utilizar aviões da FAB em seus deslocamentos semanais entre Brasília e Maceió. Renan, no entanto, fará qualquer negócio para embarcar em jatinhos particulares, evitando xingamentos e vaias em aeroportos.
 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1288
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

Re: Uso de aviões da FAB por politicos

Seg Mar 06, 2017 9:21 am

Carnaval

Em meio à turbulência por que passa o Governo, partiu do presidente Michel Temer a ordem para que nenhum integrante usasse voos da FAB durante o Carnaval.
A ordem foi cumprida à risca, conforme mostra o registro do Comando da Aeronáutica.
 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1288
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

Re: Uso de aviões da FAB por politicos

Ter Mar 07, 2017 1:43 pm

Eliseu Padilha se defende na Comissão de Ética Pública da Presidência

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, justificou seu elevado número de viagens em aviões da FAB (Força Aérea Brasileira) à Comissão de Ética Pública da Presidência, que investiga o caso, alegando medida de segurança. Padilha disse ter deixado de usar avião de carreira depois que os xingamentos ao governo Temer ficaram muito evidentes nos aeroportos.
 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1288
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

Re: Uso de aviões da FAB por politicos

Ter Mar 21, 2017 12:55 pm

Militar denuncia que Aécio e Agripino levaram famílias de carona em avião da FAB

Com direito de usar aeronaves da Força Aérea Brasileira, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, do DEM, ofereceu uma carona aos senadores Aécio Neves (PSDB) e José Agripino Maia (DEM) de Brasília para o Rio de Janeiro, na sexta-feira 17. Um militar da FAB denuncia que as famílias dos políticos também estavam no voo que pousou no aeroporto Santos Dumont.

A aeronave utilizada foi um modelo C-99, com capacidade de fábrica de até 50 passageiros. De acordo com o militar, as viagens de Rodrigo Maia e seus convidados para o Rio de Janeiro são frequentes.

Como presidente da Câmara, Maia tem direito de usar jatos da FAB para deslocamentos a serviço, motivo de segurança, emergência médica e retorno à residência. Ele mora no Rio.

A assessoria de imprensa do deputado afirmou que ele pode convidar pessoas para viajar, caso a aeronave tenha espaço. Já a assessoria do senador Aécio Neves, confirmou que o político esteve no voo, mas negou que a familia dele tenha usado o avião da FAB, mas sim um voo comercial.

A assessoria de José Agripino também negou que a esposa estivesse com ele durante o percurso e disse que a viagem foi utilizada para uma conversa sobre reforma política com Rodrigo Maia.
 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1288
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

Re: Uso de aviões da FAB por politicos

Ter Abr 04, 2017 12:50 pm

Veja como Renan tem se virado depois que perdeu o jatinho da FAB

Alguns colunistas da imprensa nacional publicaram notas dando conta de que o senador Renan Calheiros foi hostilizado em aeroportos depois que perdeu a boquinha do jatinho da FAB (usado até para resolver problemas capilares).

Isto não é verdade. Calheiros, desde que deixou a presidência do Senado, não precisou se expor ao grande público, nem mesmo em Maceió.

Segundo um calheirista de carteirinha, Renan pai tem se virado com a ajuda do governador Renan Filho, que sempre viaja a Brasília e volta às véspera do final de semana.

Como Filho não viaja em avião de carreira, o pai pega carona – resolvido o problema.

E ele nunca viajou em voo comercial?

Já, mas pelo fato de ter sido presidente do Senado por diversas vezes nunca precisou ficar no saguão do aeroporto. A espera é sempre em áreas restritas – o que aconteceu pouquíssimas vezes.

Ser o primeiro a entrar no avião – ou o último – também tem sido uma estratégia bem sucedida.

Nesses tempos de “tolerância zero”, em que as pessoas, até por cansaço e inegável mau humor, têm manifestado grande hostilidade às autoridades – com exceções -, o risco de uma agressão verbal pública é grande.

O problema, é importante esclarecer, não é Maceió, onde a população não teria uma reação mais aguda com o líder do PMDB no Senado – por motivos óbvios. O que preocupa são os aeroportos de outras capitais, Brasília inclusa.

Precaução e caldo de galinha (que tenha passado por uma inspeção séria do Ministério da Agricultura) são recomendáveis.
 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1288
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

Re: Uso de aviões da FAB por politicos

Sáb Abr 22, 2017 6:01 pm

FAB voa para evento de João Doria

Dois aviões da FAB sairão hoje de Brasília (20/4) levando autoridades dos Três Poderes para o evento anual do Grupo Lide, de João Doria, em Foz do Iguaçu.

Os dois jatos vão cheios de políticos pegando carona.

Fonte: O Globo
 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1288
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

Re: Uso de aviões da FAB por politicos

Ter Mai 23, 2017 10:27 am

Comissão recomenda a ministros não viajarem de FAB para cidade de origem

A Comissão de Ética Pública da Presidência aprovou, nesta segunda-feira (22), uma recomendação para que ministros não viajem em aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) para as cidades de origem.

O processo foi aberto pela comissão no ano passado, após o jornal "O Estado de S. Paulo" publicar reportagem segundo a qual 21 ministros haviam derespeitado as regras em 238 viagens em aviões da FAB.

Em 2015, a então presidente Dilma Rousseff editou um decreto em que proibiu ministros de usarem aviões da Força Aérea para retornar às cidades de origem deles.

Ao analisar o caso relatado pelo jornal, os integrantes da Comissão de Ética Pública entenderam que não há elementos suficientes que comprovem o desvio ético na conduta das autoridades.

"No que se refere à ocorrência de irregularidades, não cabe à comissão tomar nenhuma providência no sentido de pedir ou determinar reposição ao erário", acrescentou o presidente da comissão, Mauro Menezes.

Os autos do processo, segundo Menezes, serão remetidos ao Ministério Público Federal (MPF) e ao Tribunal de Contas da União (TCU).

Órgão consultivo da Presidência, a comissão não tem poder para punir servidores ou ministros. No máximo, o colegiado pode recomendar exonerações ou aplicar sanções administrativas, entre as quais a censura ética, espécie de "mancha" no currículo do servidor.

Inquérito

Também com base na reportagem do "Estado de S. Paulo", o Ministério Público Federal no Distrito Federal intaurou inquérito para investigar os fatos, a pedido de parlamentares de oposição.

Para esses deputados e senadores contrários ao governo Temer, os ministros violaram a Lei de Improbidade Administrativa. Todos os envolvidos negam irregularidades.

Classe executiva

Ao enviar ao Congresso Nacional a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018, o governo propôs que, a partir do ano que vem, autoridades possam voltar a viajar na classe executiva de aviões.

Pelas regras atuais, definidas pela LDO de 2017, viagens de parlamentares, ministros e presidente pagas com dinheiro público devem ser feitas na classe econômica.

A classe executiva garante assento mais confortável e melhores serviços durante o voo.

Entre essas autoridades que poderão ser beneficiadas pela nova regra, se aprovada pelo Congresso, estão presidente e vice-presidente da República; ministros; deputados federais; senadores; desembargadores federais; ministros de tribunais superiores; ministros do Tribunal de Contas da União; procurador-geral e os subprocuradores-gerais da República; defensor público-geral federal; e comandantes das Forças Armadas.

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes