Radar Aéreo - Forum de discussões

 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1314
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

VARIGVIVE

Ter Fev 16, 2021 12:43 pm

Projeto VARIGVIVE pede ajuda para transportar aeronave

Imagem

Uma das aeronaves históricas da Varig, o Boeing 727-100 de prefixo PP-VLD ficará exposta em Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul. O memorando de entendimentos entre a VARIGVIVE, empresários locais e a administração da cidade foi assinado no último dia 21 de janeiro.

Com isso, o novo Memorial – Museu da Varig ganhou um espaço que abrigará a aeronave: será numa área verde na RS-235, entre Nova Petrópolis e Gramado.

Contudo, o VARIGVIVE pede uma ajuda com as despesas de desmontagem e transporte da aeronave até o novo local de exposição. Segundo a diretoria do projeto, essa ajuda será revertida para a compra de ferramentas e pagamentos do profissionais envolvidos na ação.

Link para ajudar: https://www.kickante.com.br/campanhas/p ... sporte-vld
 
Avatar do usuário
radaraereo
Site Admin
Tópico Autor
Mensagens: 1314
Registrado em: Sex Dez 09, 2016 4:33 pm

Re: VARIGVIVE

Sex Mar 19, 2021 11:48 am

Haverá novo estudo sobre transporte de Boeing pela BR-116 até a Serra

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) negou na quarta-feira (17) o laudo apresentado pela Associação Varig Vive para o transporte do Boeing 727 de Porto Alegre até Nova Petrópolis, pela BR-116.

Inicialmente, o órgão, vinculado ao Ministério dos Transportes, havia autorizado o translado. No entanto, no último dia 12, em função do tamanho da aeronave - cerca de 40 metros de comprimento e 5 metros de altura e largura-, o aval foi suspenso. Conforme a PRF, a carga tem excesso de dimensões e exige Autorização Especial de Trânsito (AET), emitida pelo Dnit.

Imagem

Nesta semana, em reunião na sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Porto Alegre, a segunda tentativa do proponente do transporte também foi negada. "Após análise do laudo apresentado pelo grupo, constatamos que havia muitas falhas e perguntas sem respostas, o que inviabiliza uma operação deste porte", informou em nota o Departamento.

Detalhamento da rota

Os empecilhos que estão atrasando a última viagem do gigante de aço, detalhados pela PRF, são as passarelas sobre a rodovia, as curvas mais fechadas na subida da Serra, a vegetação às margens da BR e a fiação elétrica no trecho.

"Pelas medidas iniciais as cargas não passariam pela rodovia. Não basta tirar uma foto da curva e uma do caminhão. É preciso medir a capacidade do veículo fazer a curva transportando tal peso. Imagina se um destes caminhões entala e precisamos removê-lo em marcha à ré?. É uma operação muito arriscada", aponta o chefe de comunicação da PRF no RS, Felipe Barth.

Empresa analisa

Tentando acelerar o processo, na manhã de ontem o grupo Varig Vive já havia contratado uma nova empresa de engenharia para a execução do novo laudo técnico. "Estamos fazendo todo o esforço possível para transportar o Boeing o quanto antes e darmos sequência ao projeto", ressaltou o presidente da Varig Vive, o engenheiro de voo aposentado Rubem Oscar Bürger.

Ainda não há prazo para conclusão do laudo. O avião permanece em Porto Alegre, no Boulevard Laçador, junto ao Aeroporto Salgado Filho. São cerca de 85 quilômetros até o destino final.

Vai virar museu

A aeronave, que foi arrematada em leilão por ex-funcionários, será recuperada e integrará um atrativo turístico dedicado à memória da Viação Área Riograndense.

Leia mais: https://radaraereo.com.br/forum/viewtopic.php?f=6&t=730

Fonte: Jornal VS

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes